Publicado em 07/Dez/17


Festa de Cristo Rei: início do Ano do Laicato

 

Estamos no último mês do ano, período em que são realizadas as avaliações e os planejamentos de nossas Comunidades. Este ano temos um enfoque especial, pois este processo deve ser em vista da realização de nossa Assembleia Diocesana de 2018. Até o fim do ano devem acontecer as Assembleias Comunitárias e Paroquiais.


Recordemos os primeiros passos da Assembleia Diocesana para este fim de ano:


- Assembleia das Comunidades: O primeiro momento é a realização da Assembleia das Comunidades a partir do documento de avaliação que foi enviado;


- Assembleia Paroquial: O segundo momento é a realização da Assembleia Paroquial, que recolhe e aprecia o resultado das Assembleias das Comunidades;


- Escolha da Equipe Coordenadora da Assembleia: A Coordenação Diocesana de Pastoral escolhe uma equipe para coordenar a Assembleia Diocesana. Pela função que exercem, já fazem parte dessa equipe: o Bispo Diocesano, o Vigário e Pró Vigário Geral, o Coordenador e Vice Coordenador de Pastoral. Este processo aconteceu no dia 28 de novembro.


O material de trabalho que foi encaminhado e tem como base as quatro urgências do Plano de Pastoral vigente: Igreja: Comunidade de Comunidades, Igreja em Estado Permanente de Missão, Igreja e a Evangelização da Família e Igreja e a Evangelização da Juventude.


Também no questionário foi pedido sugestão para a vivência de três motivações pastorais que a Igreja do Brasil nos apresenta:

 

A missão do Laicato como Sujeito Eclesial: Na festa de Cristo Rei deste ano já iniciamos o Ano do Laicato, onde somos convidados a celebrar a presença e a atuação dos Cristãos Leigos e Leigas, com o tema: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na Igreja em saída”, e o lema: “Sal da Terra e Luz do mundo”.


Iniciação à Vida Cristã: A vida cristã é um novo projeto de vida: ser iniciado na vida e no modo de viver de Cristo. Somos chamados a fazer da Igreja uma casa de iniciação à vida cristã.


A Evangelização no Mundo Urbano: somos chamados a repensar a Igreja nas cidades e a nossa missão nela. Dentre as mudanças que mais impactam a vida da Igreja no ambiente urbano estão:


- Religião como escolha pessoal e não mais como herança familiar (com isso, perde-se também o vínculo com a Instituição, favorecendo o 'trânsito religioso';)


- Novas modalidades de organização familiar, muitas das quais fora do conceito de família defendido pela Igreja;

 

- A multiplicação de ofertas de serviços religiosos.


Como podemos perceber, os desafios para a construção de nossa Assembleia Diocesana são muitos, por isso se faz necessário que assumamos todas as etapas com responsabilidade e amor a Jesus Cristo e a sua Igreja, a qual ele deixou a missão de levar a Boa Nova do Reino.


Ao término de mais um ano, queremos render graças a Deus pela dedicação dos Padres, Diáconos, Consagrados e Consagradas, Leigos e Leigas que têm se empenhado junto com nosso Bispo Diocesano na condução dos trabalhos pastorais.

 


A todos um Santo Natal e um Ano Novo
repletos das bênçãos de Deus!

 

 

Pe. Geomax de Jesus (Pe. Max)
Coordenador de Pastoral

VÍDEO EM DESTAQUE
ALGUNS LINKS DIOCESANOS
 
   
nossos contatos  

 
(21) 2767-7943
 
caminhandojornal@gmail.com
 
/diocesedenovaiguacu
 
 
endereço

Mitra Diocesana
Endereço: Rua D. Adriano Hipólito, 8
Bairro: Moquetá - Nova Iguaçu - RJ