PUBLICADO EM 27/Jan/17


Com Maria, iniciamos o Ano Pastoral

Estamos retornando as nossas atividades pastorais após as merecidas férias do mês de Janeiro, que são sempre uma oportunidade para o descanso, para a reflexão, refrescar a cabeça e reabastecer as forças para levar adiante nossa missão.


Vivenciamos, desde outubro passado, o Ano Mariano em comemoração aos 300 anos do achado da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Desde 2015, nossas comunidades vêm se preparando, realizando a peregrinação da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que tem percorrido nossas cidades e periferias, lembrando aos pobres e abandonados que eles são os prediletos do coração misericordioso de Deus. Ao iniciarmos o Ano Pastoral, queremos confiar todos os nossos trabalhos à proteção da Mãe Aparecida, primeira vocacionada e discípula missionária de Jesus Cristo. Recordamos alguns momentos significativos que merecem nossa atenção e zelo apostólico.


Este ano vão acontecer as visitas pastorais aos Regionais (vide o artigo do Bispo), motivo pelo qual foi adiada nossa Assembleia Diocesana, e consequentemente todas as mudanças que decorrem da mesma.


No início do ano tivemos mudanças nas Prefeituras e Câmaras Municipais, através da posse dos eleitos nos nossos sete municípios. Isso influencia a vida de nosso povo, pois é através das ações políticas que vêm as possíveis soluções para os desafios da Baixada Fluminense, tais como: transporte público, saúde, educação, segurança pública, saneamento básico, entre outros. Exige de nós compromisso de unirmos forças para superar a crise que tem levado muitos irmãos ao desemprego e ao empobrecimento. Faz-se necessário acompanhar as atividades dos que foram eleitos e cobrar deles o cumprimento das promessas de campanha e a trabalharem em prol do bem comum, de modo especial, uma maior atenção aos mais pobres.


A crise é momento de purificação, conversão e crescimento. Por isso não devemos jogar a responsabilidade para os outros, mas refletir sobre nossas atitudes, que devem ser maduras e comprometidas com os valores do Reino de Deus. Como Igreja, devemos dar nossa parcela de contribuição.


A preocupação com a vida do Planeta levou a Igreja a dar continuidade a reflexão sobre a questão ecológica, por isso a Campanha da Fraternidade abordará a temática dos Biomas Brasileiros e Defesa da Vida.


Cada Comunidade, movimento, grupo ou pastoral tem inúmeras outras atividades, que foram planejadas no final do ano, e que tem como eixo o nosso Plano Diocesano de Pastoral, através das quatro urgências: Comunidade de Comunidades, Estado Permanente de Missão, Evangelização da Família e Juventude. É o rosto de uma Igreja viva e comprometida com o Reino de Deus.


Vamos adiante na certeza de que acertos e erros acontecerão, mas não nos faltarão a Fé, a Esperança e a Caridade, pois o que nos impulsiona é o Espírito Santo.

 

 

 

Pe. Geomax de Jesus (Pe. Max)

Coordenador de Pastoral

VÍDEO EM DESTAQUE
ALGUNS LINKS DIOCESANOS
 
   
nossos contatos  

 
(21) 2767-7943
 
caminhandojornal@gmail.com
 
/diocesedenovaiguacu
 
 
endereço

Mitra Diocesana
Endereço: Rua D. Adriano Hipólito, 8
Bairro: Moquetá - Nova Iguaçu - RJ