Atualizado em Julho/2016


Pastorais e Movimentos Diocesanos

COMISSÕES DIOCESANAS - ORGANOGRAMA

 

1 - Comissão Diocesana para os Ministérios Eclesiais
• SAV
• Comissão dos Diáconos
• Pastoral Presbiteral
• CRB Diocesana
• Seminário Paulo VI
• Propedêutico Dom Adriano

2 - Comissão para Animação Missionária
• COMIDI
• Infância, Adolescência e Juventude Missionária


3 - Comissão para a Animação Bíblico-Catequética
• Comissão de Catequese – Perseverança - Coroinhas
• Pastoral Bíblica
• Escola de Fé
• Teologia Pastoral

4 - Comissão para a Cultura e a Educação
• Pastoral da Cultura
• Pastoral da Educação e Ensino Religioso
• Pastoral Universitária

5 - Comissão da Comunicação
• Pastoral da Comunicação

6 - Comissão para o Laicato

• Conselho Diocesano de Leigos
• Renovação Carismática Católica
• Oficinas de Oração
• Cursilho de Cristandade
• Apostolado de Oração
• Legião de Maria
• Congregação Mariana
• Ordem Franciscana Secular
• Liga Católica Jesus, Maria e José

• Cebs
• Novas Comunidades
• Homens que rezam o terço


7 - Comissão de Liturgia
• Arte Sacra
• Musica Litúrgica
• Pastoral Litúrgica

8 - Comissão para o Serviço da Caridade, Justiça e Paz
• Campanha da Fraternidade
• Cáritas Diocesana
• Centro de Direitos Humanos
• Centro Sócio Político
• Fórum Grita Baixada
• Pastorais Sociais: Sobriedade, AA, NA, Menor, Carcerária, Operaria, MTC, Saúde, CPT, Casa da Solidariedade, Sociedade São Vicente de Paulo, Pastoral da Criança, Clube de Mães, Pastoral da AIDS.

 

9 - Comissão Diocesana dos Coroinhas, Acólitos e Cerimoniários


10 - Comissão para o Ecumenismo e Dialogo Inter-Religioso


11 - Comissão para a Vida e a Família

• Pastoral Familiar
• Encontro de Casais com Cristo
• CAF
• Aliança de Casais com Cristo
• Movimento Familiar Cristão
• Movimento Familiar Cristo em Trindade
• Pró-Vida
• Movimento Mundial Familiar

12 - Comissões Administrativas
• Comissão Administrativa Diocesana (CAD)
• Comissão da Pastoral do Dízimo
• Comissão de Animação da Campanha Missionária e da Evangelização.
• Casas Diocesanas: CENFOR, Casa de Oração Frei Jordã Mai, Nosso Lar e Sitio Maranatá

13 - Comissão da Juventude
• Setor Jovem
• Pastoral da Juventude
• Oásis
• Cursilho Jovem
• Ministério Jovem
• Jufra (Juventude Franciscana)
• Juventude Mariana
• Movimento Juvenil
• EJC

 

 

1. Definição e finalidade

1.1. As comissões diocesanas de pastoral são órgãos estáveis das diferentes dimensões da ação evangelizadora da Igreja. Sua finalidade é articular os diversos serviços e atividades pastorais existentes na diocese.
1.2. São as comissões que devem cuidar para que as diversas pastorais, movimentos, associações e serviços estejam em comunhão com o Plano Pastoral da Diocese, alinhando as respectivas atividades com as prioridades diocesanas.

 

2. Composição
2.1. As comissões diocesanas de pastoral serão formadas pelos coordenadores (as) das pastorais, movimentos, associações e serviços afins, legitimamente eleitos, segundo o costume de nossa diocese.
2.1.1. Cada comissão específica manterá sua coordenação própria.
2.2. Cada comissão diocesana será coordenada por um (a) leigo (a) indicado (a) pelo colegiado de coordenadores de cada comissão. A Comissão apresentará três nomes e o Conselho Presbiteral escolherá entre eles quem exercerá o serviço da coordenação.
2.3. Cabe aos coordenadores de cada comissão diocesana presidir as reuniões, definir junto com o colegiado de coordenadores o calendário e as atividades pertinentes aos diversos membros da comissão, de modo que priorizem as datas diocesanas e os encaminhamentos da pastoral de conjunto.
2.4. O serviço da coordenação da comissão dura três (3) anos, com possibilidade de uma reeleição.
2.5. Todos os membros das comissões trabalham gratuitamente, de modo que nenhum deles poderá reivindicar salário, remuneração por serviços prestados ou qualquer outro direito trabalhista.
2.6. Os coordenadores das comissões são membros do Conselho de Pastoral.

 

3. Assessores
3.1. Cada comissão diocesana contará com o serviço de um (a) assessor (a), que poderá ser um clérigo ou um (a) religioso (a) que tenha a necessária competência para desempenhar esse serviço. A Comissão apresentará três nomes e o Conselho Presbiteral escolherá entre eles quem será o assessor (a) diocesano.
3.1.1. Esse assessor diocesano presidirá o colegiado formado pelos assessores das pastorais, movimentos, serviços e associações que compõem a Comissão.
3.2. Compete ao assessor (a) diocesano auxiliar a respectiva comissão para que cumpra bem sua finalidade. Deverá, sobretudo, ocupar-se da formação dos membros da comissão, aprofundar a identidade e a missão de cada pastoral, movimento, associação ou serviço que compõe a comissão. Propor programas, métodos ou estratégias que visem tornar mais eficiente o trabalho da comissão.
3.3. O assessor (a) participa da comissão como membro de pleno direito à voz e voto.
3.4. O assessor (a) é membro do Conselho Diocesano Pastoral.

 

4. Recursos financeiros
4.1. Cada comissão poderá prover e administrar os recursos financeiros necessários às suas atividades. Para isso sejam escolhidos pelo colegiado um tesoureiro (a) e um suplente, que deverão apresentar à Cúria diocesana o balancete mensal com a movimentação dos referidos recursos.

 

 

VÍDEO EM DESTAQUE
VEJA TAMBÉM
EDIÇÃO DE JUNHO DE 2013
 
   
nossos contatos  

 
(21) 2767-7943
 
caminhandojornal@gmail.com
 
/diocesedenovaiguacu
 
 
endereço

Mitra Diocesana
Endereço: Rua D. Adriano Hipólito, 8
Bairro: Moquetá - Nova Iguaçu - RJ