Publicado Novembro de 2017


AS SURPRESAS DE DEUS

A História da Salvação está repleta de intervenções de Deus que entra na vida da Humanidade para trazer seu amor incondicional. O Senhor continua, hoje também, oferecendo suas maravilhosas surpresas.


O mês de Outubro, dedicado à Dimensão Missionária, nos proporcionou dias de memorável experiência religiosa e comunitária, sobretudo com a linda festa dos 300 anos de Aparecida e os 100 anos da última aparição de Nossa Senhora em Fátima. E não podemos esquecer a memória de Nossa Senhora do Rosário, Santa Teresinha do Menino Jesus, São Francisco de Assis, São Benedito, Santa Teresa D Ávila, Santa Edwiges, São Lucas, São Simão e São Judas Tadeu. Tivemos, em Roma, a canonização dos Protomártires do Brasil, assassinados no Rio Grande do Norte em 1645. Realizamos, enfim, o Dia Nacional da Juventude (DNJ), em Mesquita, com a alegre participação das diversas expressões juvenis que constituem o Setor Juventude.


E, quais são as “surpresas” que Deus nos prepara para o mês de Novembro? Destaco três:


1.a: Visita Pastoral - Iniciada em março, encerra-se no início do mês. Teve dois objetivos principais:


a) Compartilhar a vida e a missão dos dez Regionais, avaliando a realização e execução do Plano Pastoral Diocesano 2015 – 2018;


b) Escutar padres, diáconos, consagradas e agentes de pastoral em vista, também, da próxima Assembleia Diocesana que ocorrerá em 2018.


A Visita se desenvolveu em três dimensões:


a) Celebrativa, com Missas e orações;


b) Reflexiva, com os ministros ordenados, consagradas e grupos de pastorais, movimentos, associações;


c) Dialogal, com diferentes setores da sociedade, inclusive com as autoridades dos Municípios.


Percebeu-se claramente que as quatro Urgências do Plano Pastoral (Ser uma Igreja Missionária - Paróquia: Comunidade de Comunidades - Vida e evangelização das Famílias - Vida e evangelização dos Adolescentes e Jovens) estão sendo trabalhadas, porém ainda não alcançamos os objetivos desejados. Urge continuar. Aproveito, também em nome da equipe diocesana que me acompanhou, para agradecer a todos pela acolhida carinhosa, atenta e preocupada com o bem da Diocese.


2.a: Dia Mundial dos Pobres - Nosso amado Papa Francisco estabeleceu o “Dia dos Pobres”, fixando sua data no penúltimo domingo do Ano Litúrgico, portanto, este ano, no dia 19 de novembro. Este amor atencioso do Papa é bem conhecido e confirmado por inúmeros sinais e gestos. Basta lembrar uma das primeiras frases por ele pronuncida ao ser eleito como Sucessor de São Pedro: “Como gostaria de uma Igreja pobre e com os pobres”. Na mensagem recente que enviou à Igreja e às pessoas de boa vontade, o Santo Padre pede que todas as comunidades se tornem “sinal” concreto da caridade de Cristo pelos últimos e descartados, dando assim “voz” aos pobres. Ele constata que o mundo se esqueceu dos pobres e de sua realidade gritante, e espera que se instaure uma tradição que contribua para a evangelização do mundo. Ainda, critica a cultura do “descarte e desperdício”, e propõe a cultura do “encontro e partilha na solidariedade”. Afirma com insistência que a Igreja é de todos, e, de forma especial, dos pobres.


Como em nossa Diocese praticar este pedido do Papa? Nesta época de “crise”, em que o número dos necessitados aumentou bastante, o que devemos fazer “para” eles e “com” eles? De que forma vivenciar nossa Pastoral Social?


3.a: Celebração Diocesana de Cristo Rei. No dia 26 deste mês, como já é tradição anual, nossa Diocese se reunirá para celebrar Cristo Salvador como Senhor e Rei do Universo. Também finalizaremos o Ano Mariano que tantos frutos de bem trouxe à Igreja inteira do Brasil e abriremos o Ano do Laicato, que é igualmente um pedido da Conferência Nacional do Brasil. Desta maneira, estaremos em plena comunhão com a Igreja que nos aponta metas e meios para uma contínua conversão e evangelização. Invocaremos as bênçãos divinas sobre a Assembleia Diocesana que acontecerá no ano que vem. E, por fim, continuaremos a rezar pela Paz no mundo, pelo bem do Brasil, do Estado do Rio de Janeiro e dos nossos sete Municípios.


O local da concentração será a Matriz antiga de Queimados, e o horário: 16h. Faço um forte apelo geral, a fim de que participemos em grande número deste evento diocesano, organizando caravanas, não para nos exibir, e sim para manifestar publicamente nossa fé, união e missão, acolhendo, assim, a palavra do Senhor: “Vós sois a luz do mundo e o sal da terra!”.


Desde já agradeço e peço as
Bênçãos divinas sobre todos!

 

Dom Luciano Bergamin, CRL

Bispo Diocesano

VÍDEO EM DESTAQUE
VEJA TAMBÉM
 
   
nossos contatos  

 
(21) 2767-7943
 
caminhandojornal@gmail.com
 
/diocesedenovaiguacu
 
 
endereço

Mitra Diocesana
Endereço: Rua D. Adriano Hipólito, 8
Bairro: Moquetá - Nova Iguaçu - RJ