Publicado Março de 2017


PROBLEMAS SÉRIOS NO PARAÍSO

“Jesus fazia sua costumeira ronda pelo céu. Percebeu que algumas pessoas não eram suficientes puras para estar aí. 'Que está acontecendo?' pensou. 'Será que Pedro não está vigiando bem a porta do céu? Será que a idade avançada debilitou sua coragem? Isso não pode continuar!'. Então enviou um anjo que fosse chamar Pedro que estava vigiando a porta do céu. 'Pedro, disse o anjo, vim substituir você um pouquinho. Jesus precisa falar com você'.


Pedro foi depressa ao encontro do Senhor que logo falou: 'Pedro, há muita gente que não deveria estar nesta morada celestial. Por que você os deixou entrar?'. Pedro respondeu assustado: 'Não é possível, Senhor! Fico no meu lugar dia e noite, vigiando a entrada do céu. Só deixo entrar pessoas purificadas'. 'Calma, Pedro! Talvez alguém esteja enganando. Você conhece aquelas pessoas?'. 'Não, Senhor! Francamente nunca as vi e com certeza não passaram por mim. Eu vou encontrar o responsável por isto. Se eu não conseguir, o Senhor pode me tirar o cargo de porteiro do céu!'.


Voltou rapidamente para seu posto. Conferiu a fechadura. Verificou se não havia alguma entrada clandestina. Nada. Tudo estava em perfeita ordem. Poucos dias depois constatou a presença de novos intrusos. Por onde entraram? Como? Quando? Quem os deixou entrar? Foi procurar Jesus. Ambos decidiram ficar, escondidos, perto da porta do céu e descobrir o que estava acontecendo.


O que viram? Uma cena fantástica! Fora do céu, nas proximidades da porta da entrada, uma multidão chorava. Eram pessoas que Pedro não deixara entrar. Profundamente comovida, lá estava Maria auxiliando-os, ajudando-os. Nossa Senhora encostara uma escada no muro e fazia as pessoas subirem por ela e entrarem no céu.


Pedro suspirou aliviado e disse ao Mestre: 'Talvez seja bom o Senhor ter uma conversa com ela...'. Mas aí Jesus, vendo a ternura com que sua Mãe tratava aqueles infelizes, concluiu: 'Pedro, não adianta. Você a conhece bem. Ela sempre vai conseguir um jeitinho de continuar ajudando'.”


Este conto singelo retrata bem a identidade e a missão de Maria, a Mãe de Jesus e da Humanidade. “Maria de Deus e Maria do Povo” cantamos num belo hino.


Na história da Igreja, sempre o mês de Maio foi dedicado particularmente a Nossa Senhora sob seus diversos títulos. Este Ano Mariano sublinha três festas que nos auxiliam a compreender melhor a importância de Nossa Senhora na História da Salvação. Ela não é “deusa”, é criatura, porém é a Filha predileta do Pai, a Mãe de Jesus Salvador e a Esposa e o Templo vivo do Espírito Santo.


Pentecostes: Maria estava reunida com os apóstolos, discípulas e discípulos de Jesus, no Cenáculo, conforme o Mestre havia mandado. E lá, sobre eles, desceu de maneira extraordinária o Espírito Santo com seus sete dons, prometido pelo Senhor. Começou, então, a atividade missionária da Igreja, que nunca mais deverá acabar. Percebemos, assim, Maria como Mãe Missionária do Povo de Deus.


Visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel: Maria, depois de aceitar se tornar a Mãe do Messias Salvador, sabendo que Isabel, já avançada em idade, também estava grávida, prontamente se deslocou para a casa dela, a fim de louvar juntas as obras maravilhosas do Senhor e prestar seus serviços à prima. Maria exemplo de Missionária e Servidora.


Nossa Senhora de Fátima: Há cem anos, exatamente em 13 de maio de 1917, em Fátima (Portugal) Maria se apresentou pela primeira vez a três crianças, pedindo que se rezasse muito o Terço pela conversão da humanidade e pela paz no mundo. Maria sempre preocupada e solidária com seus filhos e filhas.

 

Procuremos, então, vivenciar bem este mês, especialmente rezando o Terço, pessoalmente ou em comunidade, e imitando os exemplos de Nossa Senhora. Assim, nós também, receberemos os dons do Espírito Santo e seremos cristãos (ãs) missionários, solidários e construtores de paz.
Abraço fraterno com as bênçãos do Senhor e o carinho de Maria!

 

 

Dom Luciano Bergamin, CRL

Bispo Diocesano

VÍDEO EM DESTAQUE
VEJA TAMBÉM
 
   
nossos contatos  

 
(21) 2767-7943
 
caminhandojornal@gmail.com
 
/diocesedenovaiguacu
 
 
endereço

Mitra Diocesana
Endereço: Rua D. Adriano Hipólito, 8
Bairro: Moquetá - Nova Iguaçu - RJ